Nosso Top 10 de Clássicos dos Anos 90

Confissão: ainda estamos na rebordosa do último episódio sobre os anos 90.

Assim, mesmo que cada uma tenha deixado algumas referências nos posts dos episódios (parte 1 e parte 2), achamos que seria uma boa ideia fazer uma lista comum com os nossos clássicos. Aqueles mais inesquecíveis e definidores dessa década tão querida para a gente.

Sugestão: façam a lista de vocês também. Deixem pitacos aqui nos comentários. Quem está aqui já sabem que a gente realmente gosta de ler a colaboração de todos ❤

Aí vai!

90

1) Smells like teen spirits – Nirvana

Essa música marca o momento em que o grunge deixa de ser um movimento alternativo e atinge o mainstream. Foi sucesso de crítica e público. Considerada como o hino da “Geração X”.

2) Black – Peral Jam

A música fala de um amante que sofre com sua amada ausente. Segundo Vedder é uma canção frágil e única. Nós achamos também. E a voz mais linda dos anos 90 sofreu uma pressão enorme da gravadora para transformar esta música em single comercial. Graças aos “anjos do grunge” e à Vedder, claro, ela resistiu como a 5 faixa do disco. Isso é anos 90 na veia.

3) Oughat Know – Alanis Morissette

Como a Magê disse, essa é “a grande dor de cotovelo” dos anos 90. Teve muita jovem gritando junto com Alanis em um ritual de expurgação maravilhoso. Ela transformou revanche em arte, cantando o fim do seu relacionamento com o ator Dave Coulier do seriado mega brega “Full House”.

4) Would? – Alice in Chains

Música tema do filme, Singles (Vida de Solteiro). Passado em Seattle, com Matt Dillon e Bridget Fonda, precisa dizer mais? É um clássico do cinema dos anos 90. E foi uma escolha maravilhosa, a música tem cheiro de Seattle e do início do grunge.

5) Creep – Radiohead

A música foi gravada em 92, mas só se tornou um sucesso no ano seguinte. Agora entramos no mundo britânico do rock dos anos 90. E eles são maravilhosos nesse quesito, não é? Eles têm um “je ne sais quois” tão único! A letra dessa música é um hino definidor para todos esquisitos cheios de charme dos anos 90. Ps.: isso sem falar que o clip tem a participação da Charlotte Gainsburg, “a” musa francesa do Rock and Roll.

6) Bitter Sweet symphony – Verve

Mais uma do britrock. Essa música é baseada numa versão orquestrada da música “Last Time” dos Rolling Stones. Isso gerou tanta polêmica que a banda acabou incluindo o nome do Mick Jagger e Keith Richard como co-autores. Mas a gente gosta dessa música, porque ela é representativa dessa época, porque marca a presença fundamental dos britânicos e porque é linda. 😉

7) Give it away – Red Hot Chilli Peppers

Chegamos na Califórnia. Essa música teve resistência para começar a tocar nas rádio por causa da melodia estranha, mesmo assim atingiu o número um da billboard. Quem não gosta de uma virada emocionante? A música fala sobre altruísmo: “doe agora”.  O vocalista e escritor da letra, Anthony Kieds, se inspirou em uma experiência de doação de sua namorada na época (a maravilhosa e punk) Nina Hagen para falar sobre sua visão do ato de doar como transformador e renovador da vida. Tem muito da sua experiência com o vício de heroína. Para saber mais, clique aqui.

8) Human Behavior – Bjork

A islandesa querida da Magê. Inventiva, esquisitona e cheia de verve, ela escreveu essa música para falar dos humanos a partir do ponto de vista dos bichos. Não é maravilhoso? O clipe da música ganhou vários prêmios, vale assistir com cuidado 😉

9) 1979 – Smashing Pumpkins

Essa é daquelas músicas que são a cara dos anos 90. Ainda mais se pensarmos o quanto o vídeo clip e a música estão juntos na nossa memória. O clip mostra uma visão idealizada de um grupo de adolescentes entediados em algum subúrbio americano,  teoricamente no ano de 1979. Um motivo bem forte entre os músicos dessa geração, certo?

10) Black hole sun – Soundgarden

Essa música é considerada por muitos críticos como o último grande sucesso grunge. Vamos encerrar nossa lista com ela então. A banda de Seattle, Soundgarden, gravou a música logo após a morte de Kurt Cobain, e tem muitas referências na letra à ausência do cantor aos que ficaram. Muitos cantores regravaram ela, incluindo Rage Against the Machine e a Alanis Morissette.

Anúncios

Sinta-se "Livre" para deixar um comentário!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s